28/11 18:23

Maranhão e Israel planejam cooperação mútua em diversos setores

Responsável por dar suporte técnico às missões oficiais a outros países na atração de investimentos privados para o Maranhão, a Secretaria de Programas Especiais (SEPE) articulou visita do vice-governador, Carlos Brandão, e comitiva, a Tel Aviv (Israel), nos dias 12 e 15 de novembro.

Os Secretários da SEPE, Enos Ferreira, e de Segurança Pública, Jefferson Portela, e o delegado da Polícia Civil, Antônio Carlos Martins Júnior, também fizeram parte da missão ao exterior. O governo avalia novos parâmetros para a tecnologia da inovação, segurança, cibernética, agricultura e setor hídrico.

Dia da HLS e Cyber - encontro de boas-vindas à comitiva brasileira.

Dia da HLS e Cyber – encontro de boas-vindas à comitiva brasileira.

Segurança – A viagem a um dos maiores centros tecnológicos do mundo teve o objetivo de aprimorar conhecimentos e práticas em diversos setores da segurança, por exemplo, quanto ao uso de drones diferenciados para ações de segurança e a sua variação em balões de hélio; equipamentos avançados no sistema penitenciário; dispositivos como cercas inteligentes (operadas por robôs) e até mesmo sensores de solo. Tudo isso foi apresentado durante Conferência e Exposição Internacional.

drone1

Conferência e Exposição Internacional – Vice-governador, Carlos Brandão, Secretários da SEPE, Enos Ferreira, e de Segurança Pública, Jefferson Portela, e o delegado da Polícia Civil, Antônio Carlos Martins Júnior

No dia 11 de novembro, a comitiva maranhense foi recebida pelas empresas RT, Magal e Elbit. Neste mesmo dia, o embaixador de Israel no Brasil, Yossi Shelley, visitou o vice-governador, Carlos Brandão, o qual falou de sua impressão acerca do país: “Se há algo que o povo israelense tem é otimismo, revertido na busca por aprimoramento no combate a atividades criminosas que se estendem desde domínios físicos aos cibernéticos, que sempre exigem novas soluções”.

No dia 12 de novembro foi realizada a 5ª Conferência e a Exposição Internacional “HLS & Cyber”, que aconteceu no Centro de Convenções de Tel Aviv, tendo como público-alvo autoridades e representantes de entidades voltadas para a área de segurança e tecnologia. Lá, a comitiva  maranhense reuniu-se com representantes internacionais do Brasil e de Israel, a fim de estreitar os laços comerciais entre os países e avançar na agenda de cooperação mútua no Maranhão.

Tecnologia – A comitiva foi recebida pela Attenti, empresa israelense com atuação em mais de 25 países, especializada em monitoramento remoto de agressores e vítimas envolvidas em casos de violência doméstica. A tecnologia da Attenti reúne uma gama de ferramentas que garantem, inclusive, o cumprimento de penas domiciliares.

O embaixador do Brasil em Israel, Paulo César Meira de Vasconcellos, reforçou que a aproximação natural entre os países tem sido comemorada pelos israelenses, muito abertos ao diálogo e busca de soluções conjuntas para questões que, quando resolvidas, são positivas para as duas nações e vários outros países do globo. “São benefícios que podem ser perfeitamente compartilhados”, comemorou. Afirmativa esta prontamente confirmada pela ex-Embaixadora de Israel no Brasil, Tzipora Rimon, também presente no evento.

Já Yossi Shelley, atual Embaixador de Israel no Brasil, lembrou que esse diálogo tem sido traçado ao longo dos anos. “Estive no Maranhão quatro vezes. Estudamos pessoalmente quais regiões do estado necessitam de incrementos no tratamento da água e no aprimoramento de técnicas de irrigação e cultivo. Assim, trocamos parcerias de cooperação mútua. Temos muito o que aprender com o Maranhão, também”.

Diante de tamanha abertura de diálogo e procura recíproca por formas de garantir novos investimentos para o Maranhão, fomentadas por Israel, o vice-governador, Carlos Brandão, declarou o interesse do Maranhão em fechar cooperação com o país. “Vamos colocar em andamento essas tratativas. Não estamos aqui pela segunda vez à toa. Buscamos aperfeiçoamento do serviço de inteligência de nossa polícia, assim como as formas de produzir alimentos, distribuir água e tratar esgoto com mais eficiência. Israel tem o melhor a nos oferecer, além do clima notório de amistosidade que temos mantido”.

O Secretário de SEPE, Enos Ferreira, destacou: “Nossa relação com Israel não está limitada à questão da segurança, mas à fazenda experimental, tecnologias nas áreas da agricultura e dessalinização. O governo Flávio Dino está consolidando essa agenda que já foi iniciada, acompanhando junto ao Ministério da Economia de Israel e ao Ministério da Agricultura para que Maranhão e Israel estreitem ainda mais essas parcerias e que elas se consolidem em benefícios para o nosso estado”, reforçou.

Setor hídrico – Sabemos que a água é essencial para tudo, assim, a vida de um estado, em que boa parte de seu território tem características do sertão ou mesmo apresenta problemas no quesito distribuição de água e gerenciamento do sistema de esgoto, acaba sendo prejudicada em seu potencial produtivo pelo baixo aproveitamento dos seus recursos hídricos.

Baseados nesses desafios, o vice-governador, Carlos Brandão, e o técnico da SEPE, Geraldo Carvalho, foram conhecer de perto o processo de dessalinização do mar Mediterrâneo para abastecer toda Israel. Eles estiveram na sede da usina IDE Technologies, a 15 quilômetros ao sul de Tel Aviv, e lá foram recebidos pelo diretor de vendas da empresa, Dror Aloni.

No Maranhão, a tecnologia pode ser aplicada em Barreirinhas, Paulino Neves, Viana, Santo Amaro, entre outros. “São regiões que possuem poços artesianos com água salobra e temos o propósito de tratar esses pontos. A visita foi bastante produtiva e vamos debater sobre as possibilidades de aplicá-la em nosso Estado”, pontua Brandão. Para Santo Amaro, o governo do estado está fazendo levantamento de preço para implantação de um projeto piloto de dessalinização no município, através da empresa Israelense Odis, que oferece equipamentos móveis para tratamento de água em pequenas demandas.

Com as negociações dos maranhenses já iniciadas na primeira ida a Israel, no primeiro semestre, o interesse foi despertado no governo Flávio Dino porque a tecnologia israelense viabiliza o processamento do litro de água por um preço muito menor do que é disponibilizado no mercado. Por meio da osmose reversa, cerca de 80% da água potável consumida pela população israelense vem do mar. Para Geraldo Carvalho, “o Maranhão reúne, portanto, perfeitas condições para utilizar a mesma tecnologia”.

Já Aloni ressaltou que fazer a boa distribuição de água com os difusores também garante melhor saúde para a população através da remineralização da água, e alertou: “Água com muito sal é água corrosiva”, ao defender a tese de que o próprio ciclo da natureza se encarrega de reestabelecer o equilíbrio marinho após a devolução ao mar de parte da água que já passou pela dessalinização.

Agropecuária: Além da participação na Conferência e de visitas em instituições aprimoradas para construção de usinas de dessalinização, a comitiva maranhense também visitou usinas de produção de leite e irrigação por gotejamento. “Estamos elaborando um projeto-piloto com fins a promover irrigação das barragens e açudes com essa tecnologia avançada”, disse o vice-governador.

Na viagem também foi dado prosseguimento às conversas iniciadas durante a vinda do Embaixador Yossi Shelley ao Maranhão em julho deste ano, sobre a possiblidade de o Maranhão fechar acordo comercial para venda de carne bovina resfriada a Israel e de instalar uma fazenda experimental (transferência de tecnologias) no estado.

Na última sexta-feira, 23 de novembro, foi realizada reunião com a SEPE, Sagrima e a Vice-Governadoria para revisão do projeto de dessalinização. E, em breve, o Embaixador de Israel virá ao Maranhão para dar prosseguimento aos acordos de cooperação iniciados.

“A nossa ida a Israel foi muito boa, esperamos que se concretize em benefícios para nosso estado”. destacou o Secretário, Enos Ferreira.

Desta forma, entendemos que “pensar novos parâmetros para a tecnologia da inovação, segurança, cibernética, agricultura e setor hídrico irá nos levar a patamares mais elevados de eficiência de gestão”, garantiu Carlos Brandão.

 

Contatos

contatos

Endereço:
Palácio Henrique de La Rocque Avenida Jerônimo de Albuquerque, S/N - Calhau, São Luís - MA
CEP 65074-220

E-mail:
gabinete.sepema@gmail.com

Horário de atendimento:
9h às 19h

Telefones:
(98) 3214-1721 / 3214-1751

Links Úteis
Localização

localização