20/02 17:57

Sepe, Imesc e Sema formalizam parceria para conclusão do ZEE

O secretário de Estado de Programas de Programas Estratégicos, Luis Fernando Silva, esteve, na manhã desta quarta-feira (20), na sede da Secretaria de Estado de Meio Ambiente e Recursos Naturais (SEMA) para a formalização de parceria institucional, visando realização das atividades de conclusão do Zoneamento Ecológico Econômico do Maranhão, referentes aos Biomas Cerrado e Costeiro.

Com a assinatura do acordo, a SEMA agora integra, junto à SEPE, o Instituto Maranhense de Estudos Socioeconômicos e Cartográficos (IMESC) e a Universidade Estadual do Maranhão (UEMA), o time responsável por levar adiante às pesquisas do ZEE, que devem ser finalizados até novembro deste ano.

O secretário Luis Fernando destacou que a assinatura do Acordo de Cooperação Técnica contribui para a troca de informações entre os órgãos já participantes do ZEE, e a nova integrante da equipe. “A Sema é importante e indispensável na elaboração do ZEE, já que é a secretaria empenhada nas políticas públicas voltadas para o meio ambiente. Com o acordo fica definido o compartilhamento de dados e informações, além da elaboração de estudos que servirão para auxiliar o monitoramento ambiental do Estado do Maranhão”, avaliou.

Para o secretário de Meio Ambiente, Rafael Carvalho Ribeiro, a troca de informações será benéfica para o desenvolvimento do Estado. “A Sema tem um vasto banco de dados e informações sobre estudos e pesquisas, no que se refere às questões ambientais do Maranhão, e a partir de agora essas informações estarão à disposição do Imesc para ampliar a qualidade da pesquisa maranhense na área e também para análise técnica”.

“Com a contribuição da Sema, nesse processo de construção da segunda etapa do ZEE, poderemos consolidar uma série de dados ainda não mapeados, mas que já foram analisados e licenciados pela Secretaria, o que é um grande ganho para a pesquisa”, informou o presidente do Imesc, Dionatan Carvalho.

Também presentes os diretores do Imesc, Josiel Ribeiro Ferreira, da área de Estudos Ambientais e Cartográficos do Imesc, e Hiroshi Matsumoto, de Estudos e Pesquisas; o pesquisador e coordenador do ZEE, Luiz Jorge Dias; o adjunto da Sema, Rafael Maciel, e o superintendente de Recursos Hídricos, Victor Lamaral.

Secretário Luis Fernando entre o secretário de Meio Ambiente, Rafael Ferreira, e o presidente do Imesc, Dionatan Carvalho

Secretário Luis Fernando entre o secretário de Meio Ambiente, Rafael Ferreira, e o presidente do Imesc, Dionatan Carvalho

ZEE

A segunda parte do ZEE abrange 109 municípios com áreas pertencentes aos Biomas Cerrado e Costeiro. O Zoneamento é uma importante ferramenta de planejamento a ser utilizada tanto pelo Governo do Estado, quanto por agricultores, pecuaristas, empresários, pesquisadores e qualquer pessoa que queira saber mais sobre o território maranhense. Ele é composto de uma série de pesquisas e estudos sobre solos, relevos, vegetação, fauna e componentes humanos de uma determinada região.

De posse dessas informações, tanto agentes públicos quanto privados podem tomar as melhores decisões com relação a planos, programas e projetos, que utilizem recursos naturais, sem prejuízo da manutenção do capital ecológico e econômico. Ademais, o ZEE promoverá a democratização do conhecimento geoeconômico maranhense.

Atualmente, os dois biomas têm ocupação, predominantemente, vinculada aos setores primário (pecuária, agricultura, florestas plantadas, extrativismo vegetal e mineração) e secundário (siderurgia, indústria madeireira, construção civil, etc.). O ZEE também contempla dados de indicadores sociais e econômicos como educação, mortalidade infantil, longevidade, produto interno bruto e renda per capita.

Toda a pesquisa é coordenada pelo Instituto Maranhense de Estudos Socioeconômicos e Cartográficos (Imesc), autarquia vinculada à Sepe, em parceria com a Secretaria de Meio Ambiente e Recursos Naturais (Sema) e a Universidade Estadual do Maranhão (Uema), além da Universidade Federal do Maranhão (Ufma), a Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária (Embrapa) e o Serviço Geológico do Brasil (CPRM).

Contatos

contatos

Endereço:
Rua 44 (Mexiana), Quadra 18, Número 35, Calhau
São Luís - Maranhão
CEP: 65071-732

E-mail:
gabinete.sepema@gmail.com

Horário de atendimento:
8h às 18h

Telefones:
(98) 2016-7888
(98) 2016-7889

Localização

localização